domingo, 25 de abril de 2010

Um forró no Aeroporto Velho

video

Sempre achei que esse filme devia ter forró, porque nada mais nordestino do que isso. Pois bem: depois de uma visita não programada a uma espécie de centro cultural para a terceira (melhor?) idade, no bairro do Aeroporto Velho, aqui em Rio Branco, descobri um forró com jeito de matinê de sábado à tarde que é o paraíso dos soldados da borracha. Cheguei lá um pouco cansado dos 40 e muitos graus do dia, mas dona Socorro, a coordenadora do lugar, logo me indicou dois soldados e fez a promessa de arrumar outros. Cumpriu a promessa: me arrumou uma mesinha e cadeiras no quintal e me vi cercado de soldados da borracha, viúvas de soldados, com personagens que merecem não um, mas muitos filmes. Segue aí um trechinho muito fajuto que eu gravei improvisadamente, mas já dá para ter uma idéia do arrasta-pé. Acho que já sei como vou incluir o forró na fita...

3 comentários:

  1. Preciso ir nesse forró gente! super animado!

    ResponderExcluir
  2. Cesar, boa sacada: esse forró, "reduto" atual dos soldados da borracha, enriquecerá o filme. Se Maomé não vai ao Nordeste... Abraços e bom trabalho aí em Rio Branco. [Sérgio Bernardo]

    ResponderExcluir